Cheia no Amazonas deixa mais seis municípios em emergência

16/04/2012 15:46

Famílias foram cadastradas para receber bolsa-auxílio de R$ 400.
11 municípios já receberam Ajuda Humanitária.

 

Por Marivaldo Silva

 
Cheia na região do Alto Solimões afeta ribeirinhos de Juruá e Purus, no AM (Foto: Ministério da Integração/Divulgação)
Cheia na região do Alto Solimões afeta ribeirinhos de Juruá e Purus, no AM (Foto: Ministério da Integração/Divulgação)

Os municípios de Uricurituba, Careiro da Várzea, Nova Olinda do Norte, Itacoatiara, Caapiranga e Tapauá entraram para a lista de cidades que decretaram situação de emergência por conta da cheia no Amazonas, segundo balanço divulgado pela Defesa Civil, nesta segunda-feira (16). A cheia no Estado afeta 29.916 famílias.

Segundo o órgão, 18 cidades já estão oficialmente em situação de emergência e 12 estão em análise. A cidade de Anamã, a 165 km de Manaus, é uma das mais atingidas. De acordo com o Governo do Estado, a zona rural do município já foi toda afetada pela subida do rio, a expectativa é de que em uma semana a água alcance toda a sede, incluindo o hospital da cidade. Ainda segundo o governo estadual, Anamã deve decretar situação de emergência nos próximos dias.

No sábado (14), famílias atingidas pelas cheias dos rios foram cadastradas para receberem o cartão Amazonas Solidário, com bolsa-auxílio de R$ 400. O anúncio foi realizado durante visita do governador do estado, Omar Aziz, aos municípios de de Anamã e Caapiranga, no Médio Solimões.

De acordo com o balanço divulgado pela Defesa Civil, 11 municípios da região do Purus já receberam Ajuda Humanitária. Famílias das cidades de Envira, Eirunepé, Guajará, Ipixuna, Carauari, além de Itamarati, Juruá, Boca do Acre, Lábrea, Pauini e Canutama receberam cestas básicas, kits de higiene pessoal, kits de limpeza, kits de medicamentos, filtros microbiológico e barracas de emergência.

Atalaia do Norte, Benjamin Consta, Tabatinga, São Paulo de Olivença, Borba, Tonantins, Santo Antonio do Içá e Amaturá serão os próximos municípios a receber a auxílio.