Serafim Correia Inocentado

25/04/2012 14:17

nocentado ontem pela 1ª Câmara do Tribunal de Justiça do Amazonas,  o ex-prefeito Serafim Corrêa deve seguir a tendência kamikaze. Depois de conversar com alguns partidos e de ouvir propostas não convincentes de outros,   vai se lançar direto contra os porta-aviões do poder. Ele e o deputado Marcelo Ramos formarão a cabeça de chapa puro sangue do PSB.

@@@

Serafim é bom nisso, tem pontaria certeira e geralmente está carregado de explosivos. A companhia é que é ruim.

CPI da Água é publicada com atraso

Quase um mês depois, a Câmara Municipal de Manaus publicou somente na edição de ontem do Diário Oficial do Município, o ato do presidente Isaac Tayah que determinou a instauração da CPI da Água, bem como os nomes dos vereadores que compõem a Comissão. O ato é datado de 22 de março e segundo o extrato deverá ocorrer durante 30 sessões ordinárias podendo ser prorrogada por mais 15 sessões.

Paulo de Carli tem R$ 1,1 milhão em bens.

Declaração de bens do ex-vereador Paulo de Carli (PSDB) chama a atenção para as propriedades e participações em empresas que juntas somam R$ 1,1  milhão. De Carli saiu da CMM com R$ 48 mil na conta-corrente.

Vicente Lopes vai a julgamento dia 24.

A Corte do TRE-AM julga na próxima terça-feira, dia 24, o processo criminal instaurado a pedido do Ministério Público Federal contra o deputado estadual Vicente Lopes. O relator é o desembargador Flávio Pascarelli. Vicente Lopes é acusado de ter praticado captação ilícita de sufrágio (compra de voto) na eleição de 2006 por meio da Fundação Maria Lopez.

O que a publicidade não faz, o marketing faz.

Parece que a fama de ambientalista do ex-governador Eduardo Braga (PMDB) continua a fazer sucesso no Senado. Dessa vez foi Jean-Michel Costeau que foi atraído pela aura ambiental e visitou o senador nesta segunda-feira, 16, em Brasília. O que a publicidade não fizer, o marketing faz.

Nicolau não controla rebeldia

O presidente da Assembleia Legislativa, Ricardo Nicolau (PSD), passou o fim de semana tentando costurar um acordo para evitar que o grupo de deputados “rebeldes” apresentasse nesta semana uma PEC que inviabiliza a sua reeleição à presidência da Casa. Até sexta-feira já eram 13 os parlamentares no bloco que preparou o texto da emenda constitucional proibindo não só a reeleição do presidente, mas de toda a Mesa Diretora. São necessários votos de 16 deputados (dois terços) para aprovar uma mudança constitucional. E mais: a reeleição não ficaria proibida somente na mesma legislatura, mas também de uma legislatura para a outra. Conforme uma fonte na Aleam, os “rebeldes” querem abolir definitivamente a reeleição de todos os membros da Mesa.

@@@

Pelo texto da PEC, o deputado interessado só pode concorrer novamente depois de um intervalo fora de qualquer cargo da mesa diretora. O objetivo é promover o rodízio de todos os parlamentares nos cargos de direção da Casa. “Isso oxigena o poder”, disse a fonte.
          
Melo manda recado

Em meio aos desentendimentos que rolam entre deputados nos bastidores e até no plenário da Assembleia Legislativa do Amazonas, o vice-governador José Melo (PMDB) teria chamado um dos líderes do movimento rebelde para dar um recado do governador Omar Aziz. “Ele não quer nenhuma mudança na Constituição. Fica como está”. O que indicaria que Omar já tem novo nome para presidir a Aleam.

Mexeram em casa de  marimbondo

O jornalista Ruy Fabiano comentou no domingo a sinuca em que se meteu o PT ao apoiar a CPI para investigar o bicheiro Carlinhos Cachoeira. Queriam pegar Demóstenes Torres, do DEM, Lula exultou com o envolvimento do tucano Marcone Perillo, governador de Goiás e seu inimigo pessoal, mas a ficha começa a cair com os indícios concretos, como documentos e testemunhas, que envolvem o governador petista de Brasília, Agnelo Queiroz.

Isopor como asfalto

Os R$ 862,4 milhões em recursos federais que encheram os cofres da Delta Construções no ano passado pagaram obras em 20 Estados. A manutenção de trechos rodoviários da BR-174 no Amazonas foi a empreitada que mais rendeu para a empresa: R$ 105 milhões. Ontem o corregedor da CMM, Wilton Lira (PMDB) pediu investigação sobre as obras. “Acho que colocaram asfalto com isopor, porque a chuva já levou tudo”.

Perderam a confiança

Os empresários do Distrito Industrial estão estudando a mudança do sistema de energia das fábricas para o gás natural, por não confiarem na geração administrada pela Eletrobrás Amazonas Energia. O alerta foi dado ontem pelo vereador Luiz Alberto Carijó (PDT), que pediu ao presidente da Câmara Municipal, Isaac Tayah (PSD) urgência na realização de uma audiência pública solicitada pela colega Lucia Antony (PCdoB) para tratar do assunto.

De olho na prefeitura

O deputado federal Silas Câmara (PSD) está mesmo interessado em dar pitaco na eleiçãos municipal de Manaus. Caso não estivesse tão ligado ao tema, por que proporia enquete em sua página no Facebook para saber se o manauense concorda em pagar o estacionamento Zona Azul que está sendo implantado na cidade. Ou será que ele tem uma ideia melhor para resolver o problema da falta de vagas naquela área?

Homero contra Vanessa

Pelo menos no que diz respeito ao projeto apresentado pela senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB) para simplificar o exame de validação de diplomas de médicos formados em universidades estrangeiras no Brasil. O texto de autoria da comunista simplifica e, diz Homero, acaba com a prova de suficiência feita hoje e abre o mercado aos estrangeiros, mesmo sem a devida checagem de seus conhecimentos.

Palpite democrata

Para o deputado federal Pauderney Avelino (DEM) a CPMI do Cachoeira não vai sair. Diz o democrata que o governo vai ordenar a seus aliados que não assinem a CPMI, que assim não poderá ser instalada. Resta saber se a presidente Dilma Rousseff está disposta a compactuar com mais esse ‘malfeito’.